Diego Costa vai solicitar ao Chelsea, campeão inglês, a transferência para o Atlético de Madrid, disse hoje o advogado do futebolista hispano-brasileiro.

Ricardo Cardoso afirmou à agência EFE que Diego Costa “vai solicitar formalmente a sua saída dos londrinos, frisando que o jogador “não admite jogar em outro clube” que não o Atlético de Madrid.

Para o advogado, o “comportamento injusto” do treinador do Chelsea, o italiano Antonio Conte, “torna impossível” o regresso de Diego Costa ao campeão inglês.

“Vamos acionar todos os mecanismos legais para responsabilizar o Chelsea pelo seu comportamento e viabilizar a saída de Diego Costa. Solicitaremos formalmente o ‘transfert request”, explicou Ricardo Cardoso, em referência à carta na qual um jogador pode pedir formalmente uma transferência de forma a não permanecer no clube.

Ricardo Cardoso lembrou que, quando Diego Costa se encontrava ao serviço da seleção espanhola, que preparava o particular de 07 de junho com a Colômbia (2-2), o jogador “foi dispensado pelo treinador por SMS, sem que nenhum responsável do Chelsea tivesse dito, ou dado a entender, que não contaria com o melhor goleador da equipa nos últimos três anos”.

O advogado insistiu que, “como é óbvio, esta dispensa, na forma como foi feita, representa um comportamento injusto e uma falta de respeito ao jogador que é inadmissível e indesculpável”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.