Durante a sua apresentação como novo treinador do Manchester United, José Mourinho confessou que é uma oportunidade única assumir o comando de um clube com o legado dos 'red devils".

Sobre os objetivos para a próxima temporada, o técnico mostra-se ambicioso: "Quero tudo".

O que é que este emprego significa para si?

"É difícil encontrar as plavras certas para descrever este clube. Não gosto das palavras 'Trabalho de sonho'. Sei o que esperam de mim. Ao mesmo tempo eu conheço o legado deste clube. É um cargo que todos querem ter e poucos têm essa oportunidade.

Conselho de Ferguson?

"Traz um chapéu de chuva. Ontem estava a chover no campo de treinos. Foi um bom conselho. O segundo foi o de trazer a minha típica garrafa de vinho porque vamos ter muitas oportunidades paraa beber os dois.

Objetivos para esta temporada? Competir ou vencer troféus?

"Depende da forma como vais encarar a temporada. Nunca fui bom a jogar com palavras ou enconder-me atrás delas. Sou muito mais agressivo na abordagem com o risco que isso pode trazer. Seria mais fácil para mim olhar para os últimos três anos deste clube e olhar para o facto de não nos termos qualificados para a Champions League. Podia ser pragmático e dizer que quero voltar a estar entre os quatro melhores da Premier League e de regressar à Champions. Não, quero ser mais agressivo e dizer que queremos ganhar. Podia dizer que podíamos ganhar uma competição curta sem jogar bem. Mas não se pode ganhar competições sem jogar bem. O que é jogar bem? Marcar mais que o adversário. Eu quero tudo. Quero vencer partidas, jogar bem", atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.