Em Goodison Park, na 26.ª ronda da competição, o francês Louis Saha assinou um "bis", aos 33 e 75 minutos, e falhou ainda uma grande penalidade, depois de Malouda (17) ter dado vantagem à formação de Londres, que se apresentou em Liverpool com o português Ricardo Carvalho no "onze".

Este resultado deixa o Chelsea com apenas um ponto de vantagem sobre o Manchester United, segundo classificado, que hoje foi empatar (1-1) ao terreno do Aston Villa.

Num encontro que Nani viu o cartão vermelho direto, aos 29 minutos, por uma entrada violenta sobre um jogador dos "villans", a equipa da casa inaugurou o marcador por intermédio do central espanhol Cuellar (19), mas quatro minutos depois Collins refez a igualdade com um auto golo.

Em Londres, o Arsenal, rival do FC Porto nos "oitavos" da Liga dos Campeões, regressou à luta pelo título (é agora terceiro a seis pontos do Chelsea) com um triunfo sobre o Liverpool, por 1-0, graças ao golo solitário de Diaby, aos 72 minutos.

Mesmo com este desaire, os "reds" mantiveram a quarta posição, que dá acesso à Liga dos Campeões, graças à derrota do Tottenham, sexto classificado com menos um ponto, no campo do Wolverhampton, por 1-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.