A equipa orientada por David Moyes já não vence para o campeonato desde 08 de Novembro, altura em que triunfou no recinto do West Ham (2-1), e hoje cedeu mais dois pontos.

A formação de Liverpool conseguiu o mal menor a seis minutos do fim, quando o internacional belga Marouane Fellaini evitou a derrota dos visitantes, em desvantagem desde os 17 minutos, com o golo inaugural de Darren Bent.

Mais feliz foi o treinador italiano Roberto Mancini, que se estreou no comando técnico do Manchester City (em substituição de Mark Hughes) com um triunfo em casa sobre o Stoke City, por 2-0.

O búlgaro Martin Petrov, quase em cima da primeira meia hora, e o argentino Carlos Tevez, nos descontos do primeiro tempo, apadrinharam a estreia do técnico que regressou agora ao activo, depois de ter sido substituído por José Mourinho no Inter de Milão no início da época 2008/2009.

A tradicional jornada imediatamente a seguir ao Natal, o "Boxing Day", começou com nova "escorregadela" do Chelsea, que deixou dois pontos na visita ao Birmingham (0-0), num resultado que não retirará os londrinos do comando da tabela.

Com mais um jogo disputado, o Chelsea lidera a classificação com mais cinco pontos que o Manchester United, que visita domingo o Hull City e tem oportunidade de reduzir diferenças para a equipa treinada por Carlo Ancelotti.

Tal como o Manchester United, também o Arsenal, que defrontará o FC Porto nos oitavos de final da Liga dos Campeões, só cumpre o "Boxing Day" domingo, quando receber o Aston Villa, num dos embates mais esperados desta ronda e que juntará o terceiro ao quarto classificados. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.