Federação Inglesa de Futebol (FA) reiterou hoje o desejo de implementar a tecnologia da linha de golo «o mais rápido possível», depois de o Queens Park Rangers ter visto um golo ser-lhe negado no jogo contra o Bolton.

As imagens de vídeo mostram que o cabeceamento de Clint Hill, no minuto 20, ultrapassou claramente a linha de golo antes que o guarda-redes do Bolton, Adam Bodgan, sacudisse a bola para fora da baliza, mantendo o empate a zero registado até então.

O encontro terminou com a vitória por 2-1 do Bolton, um resultado que atirou o Queens Park Rangers para a zona de despromoção.

«A FA lidera, há muitos anos, o grupo de proponentes para que a tecnologia da linha de golo seja instalada», disse o organismo que tutela o futebol inglês em comunicado, logo após o incidente no jogo disputado em Bolton, prometendo continuar a realizar testes independentes.

A Premier League já admitiu começar a usar a nova tecnologia na próxima temporada, concedendo aos 20 clubes que dela fazem parte seis semanas para implementá-la.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.