O futebolista Fabrice Muamba, do Bolton, permanece nos cuidados intensivos do London Chest Hospital, onde esta segunda-feira já deu alguns sinais de melhoras, de acordo com um comunicado conjunto do clube e do hospital.

O jogador do Bolton caiu inanimado durante o jogo dos quartos de final da Taça de Inglaterra frente ao Tottenham, sábado, encontro que foi suspenso.

«O coração está a bater sem ajuda medicamentosa e já move braços e pernas», refere o comunicado conjunto divulgado ao início da tarde.

No entanto, de acordo com o mesmo documento, os prognósticos a longo prazo vão manter-se reservados, uma vez que o jogador permanece em estado critico e continuará a ser monitorizado e tratado nos cuidados intensivos do London Chest Hospital.

O internacional sub-21 inglês foi internado no hospital depois de ter caído inanimado durante o jogo dos quartos de final da Taça de Inglaterra, no terreno do Tottenham.

O jogador foi assistido de imediato no relvado, onde foi sujeito a várias tentativas de reanimação, e acabou por ser transportado para fora do campo com uma máscara de oxigénio.

O jogo foi interrompido ao minuto 41, com o resultado em 1-1, e assim ficou durante quase 10 minutos, enquanto Muamba, de 23 anos, foi assistido e retirado do relvado, após o que o árbitro Howard Webb decidiu suspender o encontro.

Muamba, nascido em Kinshasa, a 06 de abril de 1988, chegou a Inglaterra aos 11 anos, na companhia do seu pai, um refugiado político que fugiu à guerra na República Democrática do Congo, então denominado Zaire.

O médio começou a jogar futebol nas camadas jovens do Arsenal, em Londres, onde iniciou a sua carreira, e passou depois pelo Birmingham, antes de se fixar no Bolton em 2008, tendo representado a seleção inglesa de sub-21 em diversas ocasiões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.