O alerta da HPA surge depois da confirmação de vários casos de Gripe A (H1N1) em duas equipas da Liga inglesa, o Blackburn e o Bolton.

"Cuspir é sempre um acto desagradável. É anti-higiénico, sobretudo quando se cospe muito perto de outra pessoa", afirmou um porta-voz da HPA, acrescentando que os futebolistas devem "também dar o exemplo aos mais jovens".

A mesma fonte disse ainda que tal como não cospem em espaços fechados, "os futebolistas não devem cuspir no terreno de jogo".

A HPA lembrou que os futebolistas devem seguir todas as medidas preventivas para evitar o contágio, nomeadamente lavar as mãos frequentemente e proteger a boca ao espirrar.

Um porta-voz da Liga inglesa assegurou que "quando se trata de assuntos relacionados com a saúde o organismo vai obedecer às autoridades competentes".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.