O antigo jogador do Manchester United mostrou-se "enojado" ao saber que o clube que tanto admira faz parte do grupo de apoiantes de uma nova Superliga Europeia, cujo anúncio está iminente. Gary Neville criticou também Liverpool e Arsenal, apontados como possíveis integrantes dessa nova prova.

"Sou adepto do Manchester United há 40 anos mas estou completamente enojado. Com o Manchester United e o Liverpool, principalmente. O Liverpool com o 'You’ll Never Walk Alone' são o suposto clube do povo. O United, nascido de trabalhadores industriais há 100 anos. E agora fogem para uma liga sem competição do qual não podem ser despromovidos? É uma desgraça. Sinceramente, temos de retirar o poder aos grandes clubes, incluindo o meu", começou por dizer o histórico jogador na Sky Sports, onde comenta habitualmente os jogos da Premier League.

"Estão motivados pela ganância. Retirem-lhes pontos, coloquem-nos no fundo da tabela e tirem-lhes o dinheiro. Sinceramente, há que travar isto. É um ato criminoso contra os adeptos de futebol neste país. Tirem-lhes pontos, dinheiro e punam os clubes. Que vão para uma Superliga Europeia mas sejam punidos. Despromovam United, Arsenal e Liverpool e dêem os títulos a Fulham e Burnley", acrescentou o antigo defesa.

A UEFA reafirmou hoje que excluirá os clubes que integrem uma eventual Superliga europeia de futebol, e que tomará “todas as medidas necessárias, a nível judicial e desportivo” para inviabilizar a criação de um “projeto cínico”.

A UEFA disse contar com o apoio das federações de Inglaterra, Espanha e Itália, bem como das ligas de futebol destes três países, para combater a criação da Superliga europeia, depois de “ter tomado conhecimento que alguns clubes ingleses, espanhóis e italianos poderão estar a planear” o seu desenvolvimento.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.