Guardiola voltou a surpreender na conferência de imprensa, após o desaire na Liga dos Campeões frente ao Tottenham.

Quando questionado sobre a forma como os jogadores deveriam esquecer o desaire, o técnico catalão voltou a ter uma 'tirada' no mínimo imprevisível.

"Eu não quero que os jogadores esqueçam aquilo que viveram. Somos humanos e não vamos esquecer aquilo que se passou tão depressa. Mas eles devem competir com esse sentimento. Nós somos uns sortudos por termos vivido o que vivemos. Em termos de emoções e das nossas vidas, foi incrível. Em poucos segundos, vimos 65 mil pessoas que foram da euforia e alegria para um estado de desilusão total. Não há nada no mundo que tenhas estes altos e baixos em tão pouco tempo", analisou o técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.