O interesse no central do Everton, John Stones, é muito intenso e pode mesmo levar a uma nova ‘disputa’ entre Guardiola e José Mourinho.

O jogador inglês é um defesa cujas qualidades Mourinho aprecia e com o qual gostaria de contar já desde o tempo em que orientava o Chelsea. Contudo, Pep Guardiola, treinador do Manchester City entrou na corrida para contratar o internacional inglês.

No meio do interesse está o Everton que pretende aproveitar o interesse no central para encaixar uma verba bastante avultada. De acordo com o ‘Daily Mirror’, os ‘toffees’ terão mesmo dito a Guardiola que ele terá de bater um recorde para levar o jogador.

O recorde em causa é o da maior transferência paga por um defesa na Liga Inglesa. O valor está nos 50 milhões de euros pagos pelo Paris Saint Germain ao Chelsea para ter David Luiz. Com efeito, o Everton pretende receber 55 milhões para ‘libertar’ Stones.

Com Pep Guardiola no Manchester City e José Mourinho no Manchester United, a probabilidade de John Stones sair para a cidade de Manchester aumenta exponencialmente. O defesa britânico é um ‘alvo’ definido pelo treinador português que, na última época, fez três propostas por Stones. Foram todas recusadas pelo Everton.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.