O representante de Yaya Touré voltou a criticar o treinador espanhol, referindo, desta vez, que trata os jogadores “como cães”.

“Guardiola conquistou muitos títulos pelo Barcelona, mas Yaya também. Pep julga que, por ter ganho tudo, pode fazer o que quer. Julga-se um Deus”, disse Dimitri Seluk, em declarações à BBC World Football Podcast.

“Têm acontecido coisas muito estranhas no Manchester City. O Yaya jogou muitos anos lá, assim como Joe Hart e Vincent Kompany. De repente, chega um novo treinador e trata os jogadores como cães”, acrescentou o representante, deixando anda uma sugestão: “Devia treinar no Afeganistão”.

Recorde-se que o representante do costa-marfinense já tinha acusado o técnico de humilhar o jogador, ao deixá-lo fora da lista de inscritos para a Liga dos Campeões. O catalão disse que Yaya Touré só voltaria a jogar no Manchester City se Dimitri Seluk pedisse desculpas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.