Com muitas notícias a apontarem para a sua vontade de deixar o Tottenham no final da presente época, Harry Kane concedeu uma entrevista à estação televisiva britânica Sky Sports na qual abordou o tema do seu futuro.

E, apesar de não confirmar essa pretenção de deixar os 'Spurs', o atual capitão da seleção de Inglaterra, que se prepara para liderar o seu país no EURO'2020, diz que espera não ter quaisquer arrependimentos quando pendurar as chuteiras. "Nunca disse que ficaria para o resto da carreira, mas também nunca disse que ia sair", começou por frisar.

Em relação ao futuro, porém, Kane diz acreditar que sente ter capacidade para ir mais além e atingir o nível dos astros Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. "Ainda tenho muito mais para dar. Posso alcançar números melhores do que aqueles que estou a conseguir neste momento. Não tenho problemas em dizer que quero ser o melhor. Quero tentar chegar ao nível de Ronaldo e Messi", afirmou.

Sem nunca confirmar o desejo de sair do seu atual clube, Kane fez questão de salientar que o seu desejo é lutar por troféus com maior regularidade. "Esse é o meu objetivo principal, conquistar troféus temporada sim, temporada não, e marcar 50, 60 ou 70 golos, temporada sim, temporada não. A pressão que coloco sobre mim é sempre maior do que aquela que qualquer outra pessoa possa colocar sobre mim", sublinhou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.