Um ‘hat-trick’ de Cristiano Ronaldo garantiu hoje o triunfo por 3-2 do Manchester United sobre o Tottenham, na 29.ª jornada da liga inglesa de futebol, e permitiu a subida provisória dos ‘red devils’ ao quarto lugar da tabela.

Ronaldo, que conseguiu o seu primeiro ‘hat-trick’ no regresso ao Manchester, resolveu o encontro com um golo aos 82 minutos, 10 minutos depois de um autogolo do seu companheiro de equipa Harry Maguire ter empatado a partida a dois.

Pouco depois de Cristiano Ronaldo ter inaugurado o marcador, aos 12 minutos, com um remate de fora da área, o Tottenham ainda festejou um golo, depois de um remate de Ben Davies, conseguido em fora de jogo.

Em Old Trafford, o primeiro golo da formação londrina acabou por chegar aos 35 minutos, através de uma grande penalidade convertida por Harry Kane, mas o empate durou apenas três minutos, já que o internacional português ‘bisou’ aos 38.

Com Diogo Dalot no ‘onze’, mas sem Bruno Fernandes, ausente por doença, o United acabou por chegar ao triunfo, aos 81 minutos, com um golo de cabeça de Cristiano Ronaldo, que não marcava três golos numa partida desde 12 de outubro do ano passado.

Com este hat-trick, Cristiano Ronaldo tornou-se o melhor marcador da história do futebol. Com 807 tentos apontados em jogos oficiais - 450 no Real Madrid, 136 no Manchester United, 115 na seleção portuguesa, 101 na Juventus e cinco no Sporting - o avançado português ultrapassou a marca de Josef Bican (805).

O Manchester United, que não vencia para a liga inglesa há dois jogos e que na semana passada foi derrotado por 4-1 pelo vizinho City, num jogo que Ronaldo falhou por lesão, subiu ao quarto lugar da tabela com 50 pontos, mais dois do que o Arsenal que é quinto, mas que tem menos quatro jogos disputados (25).

O triunfo frente ao Tottenham surge a poucos dias da receção do United aos espanhóis do Atlético de Madrid para a segunda ‘mão’ dos oitavos de final da Liga dos Campeões, depois do empate a um golo na capital espanhola.

A derrota deixou o Tottenham na sétima posição, em igualdade pontual (45) com o rival londrino West Ham, que é sexto e tem mais um jogo disputado do que os ‘spurs’.

Um ‘bis’ de Toney, que marcou aos 85 e 90+4 minutos, na conversão de uma grande penalidade, garantiu o terceiro triunfo consecutivo do Brentford na receção ao Burnley, que caiu para zona de despromoção.

O dinamarquês Christian Eriksen, que regressou recentemente à competição, oito meses depois de ter sofrido uma paragem cardíaca no Euro2020, fez a assistência para o primeiro golo de Toney.

O Brentford segue na 15.ª posição, com 30 pontos, enquanto o Burnley está na 18.ª, com 21, apenas à frente do Watford, 19.º, e do Norwich, lanterna-vermelha da prova.

No primeiro jogo do dia, o Liverpool venceu por 2-0 no terreno do Brighton, que somou o quinto desaire consecutivo, e reduziu para três pontos a distância para o líder, Manchester City, que joga segunda-feira.

*Artigo atualizado às 20h25

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.