O homem ficou sob custódia policial, no âmbito da investigação à morte de Christopher Aurier, irmão do futebolista Serge Aurier, depois de ter sido atingido a tiro na segunda-feira, em Toulouse.

Um responsável da polícia adiantou que o homem compareceu no comissariado central de Toulouse na terça-feira à tarde e confessou a morte de Christopher Aurier, de 26 anos, também futebolista, em França.

O irmão de Serge Aurier foi atingido a tiro no abdómen, numa zona industrial de Toulouse, e ainda foi transferido para um hospital da cidade, mas acabou por morrer na unidade de cuidados intensivos.

De acordo com o jornal local La Dépêche, o irmão mais novo de Serge Aurier foi atingido à saída de uma discoteca e testemunhas relataram que “um diferendo passional” terá estado na origem da situação.

Na segunda-feira, o Tottenham lamentou a morte de Christopher e disse estar a prestar todo o apoio a Serge Aurier, habitual titular na equipa de José Mourinho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.