O governo britânico revelou esta quinta-feira quais as regiões do país que iriam ficar em cada um dos três níveis de contingência que, entre outras questões, condicionarão o regresso dos adeptos aos estádios de futebol.

Londres e Liverpool viram-se colocadas entre as áreas de Nível 2, o que permitirá que 2000 adeptos se sentem nas bancadas, mantendo sempre o distanciamento social. As medidas entram em vigor no primeiro dia de dezembro, pelo que desta forma, o Liverpool, atual campeão inglês, poderá abrir as portas de Anfield já para o encontro do próximo dia 5, frente ao Wolverhampton de Nuno Espírito Santo.

Outros encontros dessa 11ª jornada da Premier League poderão também contar com alguns adeptos nos estádio: a receção do Brighton ao vizinho Southampton e do Chelsea ao Leeds, do dérbi do norte de Londres entre Tottenham e Arsenal e a visita do Manchester United ao terreno do West Ham.

Crystal Palace, Fulham, Southampton e Everton serão as equipas que, em virtude do nível em que as respetivas regiões foram colocadas, poderão também receber adepstos nos seus estádios no próximo encontro em casa, que será na 12.ª jornada.

Porém, formações como Wolverhampton, Leeds, Manchester United e City, e Newcastle terão de continuar a jogar os seus jogos em casa à porta fechada, por terem visto as suas regiões colocadas no Nível 3, tal como Burnley, Aston Villa, West Brom, Leicester e Sheffield United.

A confirmação destes níveis de contingência, que se aplica não só aos clubes das competições profissionais mas também aos dos escalões inferiores, não coloca nenhum clube profissional entre o Nível 1, que permitiram ter 4000 adeptos já na próxima semana.

Antes dos referidos jogos da 10ª jornada da Premier League, o Arsenal poderá vir a ser o primeiro clube inglês a voltar a contar com adeptos num jogo, quando entrar em campo a 3 de dezembro, na receção ao Rapid Viena no seu Emirates Stadium, para a Liga Europa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.