Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, está de luto pela morte da sua mãe, Elisabeth Klopp, aos 81 anos.

"Ela significava tudo para mim. Era uma verdadeira mãe, no melhor sentido da palavra. Como cristão devoto, sei que, agora, ela está num sítio melhor", afirmou o técnico alemão, numa mensagem de despedida deixada no diário alemão 'Schwarzwaelder Bote'.

O treinador alemão não poderá marcar presença no funeral, devido às restrições impostas pelo governo germânico em relação a viagens de e para o Reino Unido, devido ao combate à pandemia da COVID-19.

"O facto de não poder marcar presença no funeral deve-se a este período terrível. Mas, assim que as circunstâncias o permitirem, iremos organizar uma fabulosa cerimónia que seja apropriada", acrescentou o técnico dos 'Reds'.

O Liverpool já fez também questão de dar os pêsames ao seu treinador. "Nunca caminharás sozinho, Jurgen", escreveu nas redes sociais.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.