José Mourinho mantém a tradição e voltou a vencer no 'Boxing Day', com o Tottenham a receber e a bater por 2-1 o Brighton & Albion, naquele que é o dia que 'prenche o coração dos adeptos de futebol' nas palavras do português.

O Tottenham vinha de uma derrota contra o Chelsea por 2-0 em Stamford Bridge e procurava retomar o caminho das vitórias na Premier League para não perder mais espaço para o 'comboio da Champions'.

E até foram os Spurs a fazer as redes da baliza mexerem pela primeira vez na partida, quando Harry Kane, aos 24 minutos, fez aquele que seria o primeiro golo da partida... se não fosse o VAR.

O árbitro Graham Scott foi ao vídeoárbitro que mostra que o inglês está alguns centimentos fora-de-jogo, retomando o nulo no marcador.

O Brighton ia crescendo e acabaria mesmo por chegar ao golo quando aos 37 minutos Adam Webster salta mais alto que todos os outros e cabeceia para o fundo da baliza defendida por Gazzaniga, depois de falta marcada à direita da grande área por Pascal Gross.

Tarefa mais difícil para Mourinho que via o seu registo 100% vitorioso no 'Boxing Day' ameaçado pelo 13.º classificado da Premier League.

As equipas recolheram aos balneários e regressaram sem alterações, sendo que antes de qualquer substituição na segunda parte o que foi alterado foi o marcador.

Jogada de insistência dos 'Spurs', Kane entra na grande área, remata para a primeira defesa do guardião do Brighton, que na recarga já não conseguiu evitar o empate da equipa de José Mourinho aos 53 minutos.

Menos de vinte minutos depois e já com Lo Celso e Eriksen em campo, os Tottenham chegou ao golo da vitória por Dele Alli que  recebeu a bola Serge Aurier e que com um belo remate colocou a equipa de Mourinho a vence pela primeira vez na partida, resultado que se manteria até ao final da partida.

Com este resultado o Tottenham sobe provisóriamente ao quinto lugar da Premier League com 29 pontos a três do Chelsea que ocupa o último lugar do 'Comboio da Champions'.

Além disso, o resultado deste dia 26 permite ainda que José Mourinho mantenha o seu registo limpo de derrotas no 'Boxing Day' com seis vitórias e dois empates em oito jogos, entre Chelsea, Manchester United e agora Tottenham.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.