José Mourinho não teve a mesma sorte do Boxing Day e acabou por empatar, depois de sofrer primeiro, na visita ao Norwich, naquela que foi a última partida de 2019 do Tottenham.

O lanterna vermelha do campeonato está numa busca incessante por pontos e a equipa de Pukki já impôs derrotas a Manchester City e a Everton em duas das três vitórias que soma esta temporada na Liga Inglesa, pelo que a equipa londrina estava avisada que esta equipa iria causar dificuldades.

Aos 10 minutos os 'canaries' deram sinal e Stiepermann, com um remate em jeito, obrigou Gazzaniga à defesa.

O Tottenham tentava responder, primeiro por Dele Alli, que aos 12' e à entrada da área atira por cima e depois por Harry Kane aos 16' que vê a sua ocasião defendida por Tim Krul.

Com as duas oportunidades até então o Tottenham continuava a zeros e na segunda oportunidade, o Norwich marcou.

Buendia serve Vrancic, que dentro da área remata para o golo inaugural da partida e repetia a sina dos Spurs de continuarem a sofrer golos na Premier League.

O Norwich estava melhor nesta altura e Pukki chegou a marcar o segundo aos 33 minutos, mas o lance acabou invalidado por centímetros.

As equipas recolheram aos balneários com o  lanterna vermelha em vantagem sobre o perseguidor dos lugares da Champions, e Mourinho esperava que o filme da última jornada de voltasse a repetir com a equipa a dar a volta ao jogo.

O Tottenham encontrou à procura dessa reviravolta e aos 47 minutos Dele Alli esteve perto de marcar, mas Krul defendeu a bola para canto.

A bola que Krul não defendeu com a de Eriksen, que com uma marcação exemplar de livre direto fez o golo do empate aos 55 minutos.

Dois minutos depois, Alli conseguiu bater o guardião dos 'canaries' mas o lance foi invalidado por fora de jogo.

Momentos depois, mais um momento de azar para o Tottenham, quando Aurier acabou por colocar a bola na própria baliza aos 65 minutos, colocando a equipa da casa em vantagem.

O Tottenham retomou a igualdade já dentro dos minutos finais, graças a uma grande penalidade marcada depois de falta de Zimmermann sobre Kane, aos 81 minutos.

O inglês foi chamado a marcar e não falhou, colocando o resultado em 2-2, resultado que se manteria até ao final da partida.

Com este resultado, Mourinho pode despedir-se de 2019 a ser ultrapassado pelo Wolverhampton, Sheffield United e Manchester United e terminar o ano na oitava posição, mantendo-se nesta altura, provisoriamente, no quinto lugar com 30 pontos.

O Norwich mantém-se o último lugar com 13 pontos, a seis do último lugar de manutenção na Premier League.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.