Harry Kane foi passar um curto período de férias fora do Reino Unido, mais concretamente às Bahamas, antes do regresso do Tottenham à ação para preparar a nova temporada. Tudo normal, não estivesse aquele arquipélago, desde o início do mês, na lista de países inseguros ditada pelo governo britânico e que, por isso, obrigam a 14 dias de quarentena no regresso ao país.

Assim, avança a 'Sky Sports', o futebolista estará a cumprir precisamente esse referido período de isolamento, com a mulher e os filhos.

Desta forma, vai falhar o regresso do Tottenham ao trabalho e José Mourinho só poderá contar com o avançado às suas ordens nos trabalhos de pré*e´poca na próxima semana, depois de este ser testado à COVID-19.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.