O Leicester empatou hoje 1-1 no estádio do lanterna-vermelha Aston Villa e, apesar de ser ter isolado na liderança provisória do campeonato inglês de futebol, pode ser ultrapassado pelo Arsenal, no domingo.

No jogo da 22.ª jornada em que os extremos da classificação se tocavam, a equipa visitante inaugurou o marcador aos 28 minutos, por intermédio do avançado Okazaki, mas o Aston Villa restabeleceu o empate na segunda, aos 75, com um golo do avançado Gestede.

O Leicester, que horas antes tinha recebido a companhia do Manchester City, vencedor por 4-0 na receção ao Crystal Palace, isolou-se no topo da classificação, com um ponto de vantagem sobre os ‘citizens’ e o Arsenal, mas pode ser ultrapassado pela equipa londrina, caso se imponha no domingo no recinto do Stoke City.

Em Manchester, depois de o médio Delph ter inaugurado o marcador para a equipa anfitriã, aos 22 minutos, o avançado argentino Agüero sentenciou o jogo com um ‘bis’, aos 41 e 68, antes de David Silva, assistido por Agüero, fechar a contagem, aos 84.

A saída de José Mourinho do comando técnico não trouxe melhorias consideráveis ao Chelsea, que hoje concedeu mais um comprometedor empate 3-3, depois de ter estado a perder por 2-0, obtido graças a um golo marcado pelo ‘histórico’ John Terry, aos 90+8 minutos.

O defesa central, de 35 anos, tinha inaugurado o marcador aos 50 minutos, mas na baliza ‘errada’, e o Everton pareceu capaz de sair de Stamford Bridge com os três pontos depois de o avançado Mirallas aumentar a vantagem, seis minutos mais tarde (56).

Tão depressa quanto sofreu dois golos, os londrinos marcaram outros tantos, aos 64 e 66 minutos, pelo avançado Diego Costa – que saiu lesionado, aos 80 -, e o médio Fabregas, mas o golo tardio de Funes Mori, aos 90, voltou a recolocar os visitantes no comando, antes de o remate vitorioso de Terry, ainda mais tarde, fixar o 3-3 final.

A goleada por 4-1 do Tottenham na receção ao Sunderland, que até esteve em vantagem, permitiu aos ‘spurs’ manterem-se firmes no quarto lugar, em especial depois da derrota do West Ham, quinto colocado, no estádio do Newcastle, por 2-1.

Os portugueses Cedric e José Fonte foram titulares na defesa do Southampton, que se impôs por 3-0 em casa ao West Bromwich, muito por força da ação do médio Ward-Prowse, que marcou os dois primeiros golos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.