Mais um jogo, mais uma vitória para o Liverpool. São já 19 jogos sem perder dos 'Reds' na Premier League, depois de bater o Wolverhampton por 1-0 em Anfield.

A equipa de Nuno Espírito Santo encontrou em campo com seis portugueses (Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Pedro Neto e Diogo Jota), e Klopp, apesar do calendário apertado, só fez uma alteração ao onze da última jornada com a entrada de Lallana para a equipa inicial.

O Liverpool chegou à vantagem aos 42 minutos, através de Sadio Mané, num lance que foi primeiramente invalidado por mão na bola de Lallana na jogada, decisão que acabou por ser revertida pelo VAR.

Já na compensação da primeira parte, Pedro Neto fez o golo do empate para o Wolverhampton, mas o VAR voltou à carga e assinalou um fora-de-jogo milimétrico a Castro, que fez a assistência para o português.

Na segunda parte o Wolverhampton mostrou as suas ganas de tentar sair de Anfield com outro resultado, contando com diversas ocasiões e dominando o campeão mundial em casa nos últimos minutos da partida, mas a mira saiu sempre desafinada e as redes da baliza de Becker não abanaram, fixando o resultado final em 1-0.

À 20.ª jornada, o Liverpool (com um jogo em atraso) soma 18 vitórias, um empate e 55 pontos, mais 13 que o Leicester, no 2.º lugar e entra em 2020 confortavelmente líder.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.