Os clubes da cidade de Manchester continuam muito ativos no mercado de transferências. Manchester United e Manchester City estão a reforçar os já fortes planteis para atacar a próxima época e não olham a meios para atingir os fins.

O Manchester United elegeu Sergio Ramos como alvo prioritário para a defesa mas está a ser muito difícil chegar a um entendimento com o Real Madrid. Em Espanha o jornal "As" avança que os "red devils" não vão além dos 60 milhões de euros pelo internacional espanhol.

O problema é que Florentino Pérez pede, no mínimo, 90 milhões por Sergio Ramos, preço proibitivo para o Manchester United. Os ingleses podem "acenar" com o guarda-redes De Gea, alvo dos merengues, para baixar o preço do defesa central.

O City, rival do United, também continua à procura de jogadores para reforçar o já forte plantel. Os citizens querem contratar Kevin De Bruyne, jogador belga que atua no Wolfsburgo da Alemanha. O "Daily Mirror" escreve esta quinta-feira que o City terá apresentado uma proposta de 57 milhões de euros pelo extremo, jogador que Mourinho não quis no Chelsea. O Wolfsburgo pede 70 milhões pela sua estrela.

Depois de terem pago 69 milhões de euros por Raheem Sterling do Liverpool, o milionário City prepara-se para gastar mais uma "pipa de massa" num jogador. Haja dinheiro!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.