Foi um dia para relembrar para os pupilos de Pep Guardiola. O Manchester City derrotou o Stoke City por 7-2, num jogo completamente controlado pelos 'citizens'.

O início da avalanche ofensiva do City começou logo aos 17 minutos, com Gabriel Jesus a fazer o primeiro golo da partida.

Apenas dois minutos depois, foi a vez de Raheem Sterling aumentar a vantagem, subindo a sua conta pessoal para seis golos em seis jogos.

Ainda antes da meia hora, David Silva viria a colocar o resultado em 3-0, num jogo que parecia mais que decidido para o emblema de Manchester.

Mas depois veio a reação do Stoke City. Aos 47 minutos, Mame Biram Diouf fez o 3-1 e, no início da segunda parte, Kyle Walker acabou por fazer autogolo e colocar o resultado em 3-2.

Apesar de alguns temerem que esta vantagem curta podia levar a um resultado mais negativo, a verdade é que a resistência do Stoke City apenas durou oito minutos.

Aos 55 minutos, Gabriel Jesus colocou o resultado em 4-2 e aos 60 minutos, num grande remate de fora da área, Fernandinho aumentou ainda mais a vantagem.

Os golos sucediam-se em catadupa, com Leroy Sané a fazer o 6-2 aos 62 minutos. Até Bernardo Silva, recém-entrado na segunda parte, teve tempo para fechar o marcador em 7-2.

Com este resultado, o Manchester City isola-se no topo da Liga Inglesa, beneficiando do empate do Manchester United frente ao Liverpool.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.