José Mourinho não era de todo um treinador satisfeito depois de ver a sua equipa perder, em casa, no jogo da 1.ª jornada da Premier League, frente ao Everton.

Em declarações à Sky Sports, citadas pela BBC, o técnico português mostrou-se desiludido com a equipa e a sua "pressão preguiçosa".

"Estou desapontado com a exibição, sim. Depois do golo o Everton dominou a partida e foram perigosos também no contra-ataque. (...) As dificuldades começaram na forma como não pressionámos. A nossa pressão foi muito podre - diria mesmo que foi preguiçosa. Quando tens uma pressão preguiçosa eles constroem de trás", disse.

Mourinho deixou ainda críticas à forma como sofreu o golo do Everton, o único da partida, e que ditou a derrota dos Spurs. O técnico deixa críticas à arbitragem por permitir que o livre fosse marcado cinco metros à frente do local da falta, no seu entender.

"O golo foi um pouco estranho. Não é uma desculpa para o resultado, para a derrota ou para a exibição - com tantos árbitros no relvado e na linha, marcarem um livre a cinco metros [de onde foi a falta] é incrível. Antes do golo já estava a avisar os árbitros - cinco metros fazem uma enorme diferença na posição da linha de defesa e no ângulo do cruzamento", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.