Dele Alli, futebolista do Tottenham, foi castigado com um jogo de suspensão devido a um vídeo em que fez comentários jocosos sobre o novo coronavírus, falhando o regresso à Premier League da equipa de José Mourinho.

O extremo inglês publicou há alguns meses um vídeo numa rede social em que aparecia a gozar com o novo coronavírus e a rir-se de uma pessoa asiática num aeroporto.

José Mourinho acusou as autoridades do futebol de terem dois pesos e duas medidas no caso. “Eu tenho mesmo muita pena de que o Dele não jogue. Ele tem sido um jogador tão esforçado durante todo este período e está verdadeiramente frustrado por não poder jogar o primeiro jogo. Não acho que ele mereça a punição de um jogo comparando com comportamentos errados de muito maiores dimensões que aconteceram durante este período sem quaisquer consequências", começou por dizer Mourinho, na antevisão da partida com o Manchester United.

"Não gosto deste tipo de contradições. Ou é para todos ou não é para ninguém e bastante injusto para um miúdo que cometeu um erro e pediu desculpa por ele. Não concordo mesmo com isto", notou o técnico.

Instado a dar um exemplo de outros casos mais graves que não tenham sido punidos, Mourinho referiu-se a si próprio, quando foi apanhado a dirigir um treino num pequeno parque do norte de Londres, mas não teve qualquer tipo de punição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.