José Mourinho revelou hoje que não vai marcar presença no jogo de despedida de Alex Ferguson em Old Trafford porque não se quer emocionar. Em declarações à Sky Sports, o treinador do Real Madrid expressou uma vez mais a sua admiração.

«Se vou estar no jogo de despedida de Alex Ferguson, em Old Trafford? Não, certamente que não. Não quero chorar», admitiu o técnico português, acrescentando: «Sir Alex ligou-me e deu-me a honra de saber a sua decisão. Fiquei surpreso e triste. Ao mesmo tempo fiquei satisfeito por sentir a emoção e orgulho dele por uma carreira tão fantástica. Será difícil para mim, e penso que para todos os outros treinadores, jogarem em Old Trafford sem ter esta figura mítica à nossa espera».

Questionado sobre o sucessor de Sir Alex nos 'red devils', o escocês David Moyes, Mourinho também não regateou elogios. «Penso que o David Moyes é uma excelente escolha. Gosto dele como pessoa e do seu caráter enquanto treinador. Será apoiado pelo clube e tem qualidade para fazer um bom trabalho. Desejo uma vida feliz a Alex Ferguson e uma carreira de sucesso a David Moyes», finalizou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.