José Mourinho, treinador do Manchester United, chamou a atenção no sábado ao recusar apertar a mão a Mark Hughes, treinador do Stoke City, depois do empate entre as duas equipas.

O gesto ganhou grande destaque na comunicação social inglesa, mas há um motivo para o português não ter cumprimentado Hughes. De acordo com o jornal The Telegraph, o gesto de Mourinho esteve relacionado com alegados insultos do técnico adversário durante o jogo.

Num lance, Mark Hughes terá mesmo empurrado o português e disparado "Vai-te f****!".

"Hughes também andou a pedir ao árbitro para expulsar o José. E no final o José deixou o relvado sem lhe apertar a mão porque não cumprimenta ninguém que o insulta", disse fonte não identificada à mesma publicação.

Para além disso, após o apito final, as câmaras captaram o treinador galês a insultar Mourinho quando este foi ao banco do Stoke City cumprimentar os restantes elementos da equipa técnica. "Olhem só para aquele cara de c*", disse, apontado para o português.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.