José Mourinho, treinador do Chelsea, projetou esta sexta-feira o embate com o Arsenal, marcado para domingo e referente à Supertaça inglesa. O técnico abordou a rivalidade com Arsène Wenger, garantindo que não se sente extraordinariamente afetado pelos resultados dos duelos entre as duas equipas londrinas.

"Acho que a Supertaça é mais do que um particular, como os que fizemos com Barcelona ou PSG, mas menos do que um jogo da Liga. A motivação é dirente", disse Mourinho em conferência de imprensa.

O Arsenal já defrontou o Chelsea de Mourinho em 13 ocasiões, mas nunca conseguiu vencer. Mourinho, porém, diz que não irá "fazer um drama" se perder.

"Nunca fiz alarido com as vitórias sobre o Arsenal. Não expludo de alegria quando a minha equipa os vence e não irei fazer um drama quando perder", garantiu.

O técnico português confirmou ainda que Diego Costa e Gary Cahill estarão disponíveis para o encontro com os 'gunners'.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.