José Mourinho deixou bem claro que, se depender dela, Wayne Rooney não sairá jamais de Old Trafford.

“Nunca tomarei essa decisão. Tendo em conta o seu estatuto e passado no clube, penso que treinador algum quererá tomar essa decisão por ele. Deixei-o no banco em três jogos consecutivos. Foi difícil para ele e para mim, tem sido cruel colocar os interesses da equipa à frente dos do jogador, do seu prestígio e estatuto. Estamos a falar de uma lenda”, comentou o treinador português dos Red Devils.

“Rooney não pode estar constantemente a saltar de número 6 para 9, de 9 para 10 e de 9 para 6… Para mim, ele é um avançado. O que é um avançado? Um número 9 ou 10. Comigo só jogará como médio em caso de absoluta necessidade ou se ele mo pedir“, acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.