Carlos Tevez já havia dito que pretendia sair do emblema inglês sublinhando que tinha problemas familiares que impediam a sua continuidade no City.

O clube ignorou o pedido do jogador e Carlos Tevez voltou a vir a público mostrar o seu descontentamento apontado, agora, o dedo à direcção do Manchester City: “A minha relação com determinados executivos e pessoas deste clube sofreu danos irreparáveis. Não quero por isso continuar. Eles sabem-no, porque já lhes disse”.

O argentino encontra-se a cumprir a segunda época ao serviço dos “citizens” e tem mais três anos de contrato.
O dinheiro não deverá ser a razão por detrás deste problema, uma vez que Tevez é o jogador mais bem pago do plantel.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.