"Se José Mourinho fosse Jesus, não seria um dos seus apóstolos", disse o actual técnico do Chelsea. As palavras do italiano foram proferidas no programa de televisão 'Chiambretti Night', onde o português já esteve como convidado, tendo aí sido comparado a Jesus.

Ontem, o técnico transalpino fez questão de marcar a sua distância para o estilo do português, que marcou uma era no Chelsea, o actual clube de Ancelotti.

Por outro lado, confrontado com os rumores de comandar um dia a Roma, o italiano foi ambíguo nas palavras. "Roma? Quem sabe? Talvez num futuro muito distante", frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.