Nuno Espírito Santo parece ter descoberto uma forma de travar Pep Guardiola. O Wolverhampton bateu o Manchester City por 3-2, em jogo da 19.ª jornada da Liga Inglesa, num encontro onde os 'wolves' estiveram a perder por 3-2.

Este é mais um jogo onde Guardiola não consegue levar a melhor sobre Nuno Espírito Santo. De acordo com os dados da Opta, o treinador português é aquele contra quem o catação tem menor percentagem de vitórias (apenas 20 por cento), no longr de 35 treinadores que já defrontou, pelos menos em cinco ocasiões. Nos cinco jogos entre Nuno Espírito Santo e Pep Guardiola, o espanhol conta apenas com uma vitória.

Outro dado curioso sobre o jogo: NES é apenas o segundo treinador a bater Guardiola, depois de a equipa do treinador espanhol estar a vencer com dois golos de vantagem. Até hoje, apenas Antonio Conte o tinha feito, no Chelsea, na época 2016/2017.

Ainda sobre Conte, NES e Guardiola: o português juntou-se ao italiano na lista de treinadores a vencer o técnico catalão em Inglaterra em duas ocasiões, na mesma época, para a Premier League: em 2016/2017 o Chelsea de Conte venceu os dois jogos com os 'citizens', feito repetido agora pelo Wolverhampton de Nuno Espírito Santo.

Wolverhampton vence City com reviravolta fantástica (de 0-2 para 3-2). Ederson expulso, Patrício defende penalti duas vezes
Wolverhampton vence City com reviravolta fantástica (de 0-2 para 3-2). Ederson expulso, Patrício defende penalti duas vezes
Ver artigo

E já que estamos no capítulo das curiosidades, dizer que Adama Traoré (autor do 1-2 para o Wolves) é apenas o terceiro jogador a marcar três golos numa época a Guardiola na Premier League. Eden Hazard (Chelsea) e Jamie Vardy (Leicester), tinham-no conseguido na época 2016/2017.

Outro dado: o Wolves acabou o jogo com com 62 por cento de posse de bola, contra 38 dos citizens. Algo raro de se ver quando se defrontam as equipas de Guardiola. O facto de o City jogar com menos um desde os 12 minutos ajuda a explicar estes números.

O Wolverhampton bateu, esta sexta-feira, o Manchester City por 3-2, depois de estar em desvantagem de dois golos, com a formação liderada pelo técnico português Nuno Espírito Santo a subir ao quinto lugar da Liga inglesa de futebol. Com os três pontos conquistados, a equipa de Espírito Santo ascendeu ao quinto lugar, com 30 pontos, em 19 jornadas, à frente do Tottenham, de José Mourinho (29 pontos), enquanto o City, que podia ultrapassar o Leicester na segunda posição, segue em terceiro com 38 pontos.

Pior, os 'citizens', campeões em título, deixaram escapar ainda mais o Liverpool, estando já com uma desvantagem de 14 pontos, sendo que os 'reds' têm apenas 18 jogos disputados e contam com 52 pontos, somando 17 vitórias e um empate. O campeão europeu e mundial Liverpool está, assim, muito bem lançado para conquistar um cetro que lhe escapa desde a longínqua temporada de 1989/90.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.