Liverpool e Manchester United estão empatados após o fim da primeira parte. Foram 45 minutos de alto nível em Anfield Road, disputados sempre a um ritmo elevado e com grande intensidade.

Com Nani no banco, a equipa de Alex Ferguson teve algumas dificuldades na entrada na partida. O Liverpool surgiu mais incisivo e disposto a marcar cedo, o que poderia ter acontecido aos 15 minutos, mas Van der Sar - prestes a cumprir 39 anos - esteve sensacional ao parar o livre de Fábio Aurélio e a recarga de Kuyt na pequena área. Aos 17, Kuyt voltou a estar perto do golo, mas o holandês rematou ao lado da baliza do United, desaproveitando a assistência de Lucas.

Os sucessivos sustos despertaram os red devils e Rooney, aos 20 minutos, mostrou que os campeões ingleses também estão na partida para ganhar. No entanto, ao cabeceamento do avançado o guardião Reina opôs-se
com segurança.

Sem criar muitas mais ocasiões, o United poderá queixar-se do árbitro, que não assinalou uma grande penalidade aos 29, onde se verificou um empurrão de Agger a Giggs.

Foi a expressão do melhor momento do Manchester United, que passou a controlar o jogo, sem pisar excessivamente o risco, face aos venenosos contra-ataques dos 'reds'.

Faltam agora 45 minutos para Liverpool e Man. United buscarem a vitória que evite a fuga do Chelsea na liderança da Premier League.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.