O Chelsea confirmou oficialmente esta sexta-feira a saída de Antonio Conte do cargo de treinador da equipa principal.

Em comunicado, os londrinos limitam-se a informar da rescisão contratual, desejando sucessos futuros ao técnico transalpino que foi campeão inglês na sua primeira época no clube, tendo terminado no quinto lugar na última época.

"Durante o tempo de Antonio Conte no clube, ganhámos o sexto título da liga inglesa e a oitava Taça de Inglaterra. Nesta época vencedora o clube fez um, até então, recorde de 30 vitórias em 38 jogos na Premier League como também um recorde de 13 vitórias consecutivas", começou por dizer o Chelsea em comunicado.

"Desejamos ao Antonio todo o sucesso na sua carreira futura", acrescenta o mesmo documento.

Após a saída de Conte, Maurizio Sarri, ex-treinador do Nápoles, deverá ser confirmado como novo treinador dos 'blues'.

Após ter conquistado o título inglês na primeira temporada em Stamford Bridge, Conte não conseguiu melhor do que terminar no quinto lugar do campeonato na época passada, a 30 pontos do campeão Manchester City, falhando a qualificação para a próxima edição da Liga dos Campeões.

O Chelsea também não conseguiu passar dos oitavos de final da principal prova europeia de clubes, minimizando o impacto de uma época muito negativo com a conquista da Taça da Inglaterra, ao vencer na final o Manchester United, treinado pelo português José Mourinho.

O técnico, de 48 anos, que se sagrou campeão italiano no comando da Juventus, em 2012 e 2014, antes de assumir o cargo de selecionador italiano, já tinha começado a trabalhar com o plantel do clube londrino na preparação da época 2018/19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.