O organismo responsável pela gestão do principal campeonato inglês de futebol, a Premier League, tomou esta decisão para travar a intenção do treinador do Portsmouth, Paul Hart, de contratar o médio Eugen Bopp.

Além disso, o Portsmouth anunciou também que a proibição vai manter-se até que o clube solucione todas as dívidas decorrentes de anteriores contratações.

Há cerca de três semanas o magnata árabe Ali Al Faraj adquiriu cerca de 90 por cento da entidade, anteriormente propriedade de Sulaiman Al Fahim, mas, em declarações posteriores a um jornal, negou ser multimilionário e confessou não entender nada de desporto e estar inclusivamente determinado a vender asua participação no clube o mais rápido possível.

No passado mês de Setembro o clube teve salários em atraso e em Agosto esteve na iminência de declarar falência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.