O clube admitiu a possibilidade de vender jogadores depois do encerramento do “mercado”, em 31 de janeiro, para fazer face à grave situação financeira que atravessa, tendo já enviado um pedido nesse sentido à Premier League.

De acordo com o portal da BBC, o pedido do clube é de difícil aceitação pelos responsáveis da liga inglesa, uma vez que é a FIFA que regula os mercados de transferências.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.