O presidente da Federação Inglesa de Futebol (FA), Greg Clarke, vai ser ouvido no Parlamento britânico a 17 de outubro, na sequência da investigação jornalística do Daily Telegraph sobre alegados casos de corrupção no meio futebolístico inglês.

Da investigação do Daily Telegraph resultou o despedimento do selecionador Sam Allardyce, que foi filmado secretamente a revelar formas de circundar os regulamentos de transferências da FA, nomeadamente, a propriedade de passes de jogadores por parte de terceiros.

Além de Allardyce, várias figuras de proa do futebol britânico foram implicadas na investigação do jornal britânico, o que levou a Comissão de Cultura, Media e Desporto a anunciar hoje a convocação de Clarke para prestar esclarecimentos.

Também hoje, Wayne Rooney, ‘capitão’ da seleção inglesa, apelou à união dos colegas de equipa para os próximos dois jogos no Grupo F europeu de qualificação para o Mundial2018, com Malta e Eslovénia, sob a orientação do treinador interino Gareth Southgate.

“Precisamos de continuar o caminho que levou à conquista de três pontos no último jogo [vitória na Eslováquia, por 1-0] e o outro lado do futebol não é algo que nos deva preocupar. Foi uma pena o que aconteceu e tenho a certeza que [Allardyce] o lamenta profundamente”, afirmou Rooney.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.