O treinador Paul Heckingbottom deixou hoje o comando técnico do Sheffield United, no rescaldo da goleada por 5-0 sofrida frente ao Burnley, anunciou o último classificado da Liga inglesa de futebol, que fez regressar Chris Wilder para o cargo.

Heckingbottom, de 46 anos, tornou-se o primeiro treinador a ser afastado da liderança de um clube da Premier League na época 2023/24, deixando o Sheffield United com um saldo negativo de apenas uma vitória, dois empates e 11 derrotas.

O clube de Sheffield justificou a saída de Heckingbottom devido “a um certo número de resultados e desempenhos dececionantes”.

Para o lugar de Paul Heckingbottom foi escolhido Chris Wilder, que regressa ao clube que treinou entre 2016 e 2021, levando o Sheffield United da League One (terceira divisão) até à Premier League.

Wilder, que assinou contrato até 2025, afirmou que não podia “deixar passar” a oportunidade de voltar ao clube e quer inverter a situação difícil em que a equipa se encontra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.