Uma mega-operação contra a fraude fiscal, envolvendo 180 fiscais das finanças britânicas, decorreu esta quarta-feira no Reino Unido e em França, levando à detenção de várias pessoas, noticiou a agência France-Presse.

Lee Charnley, diretor-geral do Newcastle, foi um dos detidos no âmbito da investigação da autoridade tributária e aduaneira do Reino Unido (HMRC), que também efetuou buscas no estádio do West Ham, clube da Premier League onde joga o português José Fonte.

"Cento e oitenta agentes do HMRC foram destacados para vários locais no reino Unido e em França. Os investigadores realizaram buscas em várias instalações no nordeste e no sudeste da Inglaterra e prenderam indivíduos, além de apreenderem registros comerciais, financeiros, computadores e telemóveis. As autoridades francesas estão a colaborar com a investigação e fizeram buscas e detenções em vários locais", pode ler-se no comunicado divulgado pelas autoridades esta quarta-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.