A descida à Division One 

O Portsmouth atravessa um dos piores momentos da sua longa história.

Má gestão e problemas financeiros levaram o clube a acumular várias dívidas. Esse cenário custou, durante a temporada, a saída de vários jogadores e a uma penalização por parte da “Football League” de dez pontos.

Ricardo Rocha foi apanhado neste turbilhão, mas manteve-se na equipa até ao fim da temporada onde se confirmou o pior cenário: a descida à terceira divisão.

Em declarações ao SAPO Desporto, o defesa central, que em Portugal passou por SC Braga e Benfica, partilhou os sentimentos vividos no último encontro disputado no Fratton Park.

«Viveu-se um grande sentimento de tristeza por parte dos adeptos, mas também de resignação porque eles já estavam convencidos que, mais tarde ou mais cedo, isto ia acontecer. O importante é que o clube não acabe, independentemente de onde tenha de jogar. Toda a gente está consciente de que o clube está nesta situação devido à má gestão dos últimos proprietários».

Os dez pontos retirados que davam a manutenção 

A verdade é que senão tivessem sido retirados os dez pontos ao clube em fevereiro, o clube teria conseguido manter-se no Championship, e isso é algo que revolta o plantel.

«Esses pontos foram conquistados por nós dentro de campo com o nosso suor e o nosso trabalho. Nós não temos culpa que uma pessoa que comprou o clube e se achasse que era a pessoa ideal tivesse feito o que fez», atirou o jogador português.

Confirmada a descida de divisão, é tempo de reformular todo o plantel e irá assistir-se a uma debandada geral: «É um momento difícil para o clube e para nós jogadores. Praticamente toda a equipa vai sair. Cerca de 17 jogadores vão sair».

O futuro do defesa central 

Aos 33 anos, Ricardo Rocha diz estar em perfeitas condições físicas e psicológicas para jogar ao mais alto nível. Se o vai continuar a fazer em Inglaterra ou noutro país, ainda é uma incerteza.

«Tenho um carinho enorme por este clube e estou aqui há dois anos e meio. Fui recebido de uma maneira completamente diferente (…) Comecei há pouco tempo a tratar do meu futuro. Estou em perfeitas condições físicas e psicológicas para continuar a jogar. Agora não sei se será em Inglaterra ou noutro país», concluiu o jogador que em Portugal passou por Benfica e SC Braga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.