Após a derrota do United frente ao City, no dérbi de Manchester, os jogadores dos red devils têm sido duramente criticados. Depois de Roy Keane, foi a vez de Rio Ferdinand mostrar o seu desagrado pela postura dos jogadores do Manchester United.

"Ao ver de fora, eu sinto que eles só querem ser companheiros. Ninguém quer pôr o nariz de fora. É como se estivessem num escritório. Estão todos bem, mas não gostam uns dos outros e não vão admiti-lo. É como se um estivesse a fazer algo de errado ali, outro a estragar tudo na fotocopiadora, os e-mails de outro estão errados, mas para manter o navio firme não vão dizer uma única palavra", considerou o antigo jogador dos red devils no seu canal de Youtube.

"Não vejo uma resposta. A linguagem corporal deles é horrível, a andar de um lado para outro como se o mundo estivesse contra eles, sempre infelizes. Estão a jogar pelo Manchester United, num dérbi. Para ganhar é preciso puxar pelas pessoas, dizer-lhes que não estão a jogar bem. Não é preciso ser agressivo, pode ser uma simples conversa", acrescentou ainda.

Recorde-se que o Manchester United perdeu o dérbi com o rival City, no último domingo, por expressivos 4-1. Os red devils foram-se completamente abaixo no segundo tempo, sendo que esta derrota é um duro golpe para as ambições do clube subir aos quatro primeiros lugares - nesta altura a equipa de Rangnick ocupa o quinto lugar, com 47 pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.