O treinador do Liverpool, Roy Hodgson, pediu hoje desculpa aos adeptos dos “reds” pela eliminação da Taça da Liga Inglesa de futebol face ao Northampton, uma equipa de um escalão inferior.

“Tivemos um sorteio favorável, com uma equipa que joga três divisões abaixo de nós, e quando não somos capazes de os vencer, só podemos esperar críticas. Peço desculpa a todos e dou os parabéns ao Northampton”, disse o treinador.

Quarta-feira, em pleno Anfield Road, o Liverpool foi eliminado no desempate por grande penalidades (2-4), depois de ter conseguido empatar apenas a quatro minutos do final do prolongamento (2-2).

O Liverpool até chegou a estar em vantagem, com um golo dó sérvio Milan Jovanovic, mas o Northampton empatou já na segunda parte, por intermédio de Billy McKay (56 minutos).

No prolongamento foram os visitantes a marcar primeiro, por Michael Jacobs, aos 98 minutos, mas o francês Dadid N’Gog, aos 117, levou a decisão para as grandes penalidades.

“É uma desilusão enorme para o clube, como podemos ver agora...”, disse Hodgson, que esta época substituiu o espanhol Rafa Benitez, agora técnico do Inter de Milão.

Hogdson, de 62 anos, não deixou ainda de fazer uma auto-crítica em relação à decisão de rodar o plantel neste jogo, referindo que pensou que seriam suficientemente bons para ganhar o jogo, mas que, como se pôde ver, estava enganado.

“A conclusão evidente é que me enganei, mas também penso que teríamos que ser mais fortes para nos qualificarmos”, insistiu Roy Hodgson.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.