Allan Saint-Maximin é conhecido na Premier League pelas suas fintas estonteantes, pela sua velocidade em campo e pelas polémicas que vai acumulando fora dos relvados. Desta vez é o Ferrari do francês a dar 'dores de cabeça' ao Newcastle.

O jornal 'The Sun' escreve que o clube voltou a deixar um aviso ao jogador, por este deixar o seu Ferrari estacionado em zonas proibidas. Ao contrário dos colegas, que deixam as suas viaturas dentro do centro de treinos do clube, Allan Saint-Maximin gosta de estacionar o seu bólide em locais onde há sinais de estacionamento proibido e sem se preocupar muito com isso.

Eddie Howe, treinador do Newcastle, garantiu que questão será tratada com o jogador. "É algo sobre o qual vamos falar com ele, sim. A mensagem que lhe deixei no final da última temporada foi que precisamos mais dele fisicamente. Mas ele está numa boa posição. Parece feliz, tem treinado bem e tem mostrado tudo aquilo que pedimos", disse o técnico dos 'Magpies'.

Esta não é a primeira nem a segunda polémica de Allan Saint-Maximin. Quando chegou ao Newcastle em 2019, proveniente do Nice, foi obrigado a tapar uma fita da marca Gucci que usava para segurar as suas tranças no cabelo, devido a acordos de patrocínios.

Recentemente, numa entrevista, o seu colega de equipa, Jonjo Shelvey, revelou que o craque francês é multado quase todos os dias no clube.

"É um lunático, tem muita classe, que jogador! E também é uma grande pessoa, muito relaxado. É multado todos os dias por usar brincos e coisas desse género. Se não fosse tão bom, provavelmente até lhe chamávamos a atenção, mas como é realmente bom, nem sequer nos queremos meter com ele", disse o jogador no podcast 'The Beautiful Game'.

Saint-Maximin chegou ao Newcastle proveniente do Nice, em agosto de 2019, por cerca de 18 milhões de euros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.