O treinador do Chelsea considerou esta segunda-feira que Cesc Fàbregas deveria aceitar uma proposta do Mónaco uma vez que não pretende ver o internacional espanhol 'infeliz' no clube londrino. O técnico italiano assumiu ainda que precisa de um substituto para o médio espanhol caso a transferência para os monegascos se concretize.

"Na minha opinião, ele tem de sair. Vocês conhecem muito bem a situação [dele]. Sabem muito bem que, neste clube, há uma regra: as renovações de jogadores com mais de 30 anos é, normalmente, de um ano", começou por dizer Maurizio Sarri numa conferência de imprensa de antevisão do jogo da primeira mão das meias finais da Taça da Liga Inglesa frente ao Tottenham.

"Ele [Fàbregas] tem uma proposta para dois anos. Não quero ver um jogador tão importante quanto o Cesc infeliz", acrescentou Maurizio Sarri.

Questionado sobre a possibilidade de Fàbregas sair do Chelsea já em janeiro, Sarri admitiu que vai ser necessário reforçar o plantel dos londrinos.

"Se o Cesc sair, claro que precisamos de um substituto. Agora, com estes médios, penso que estamos em apuros. Sem o Cesc, só temos cinco, por isso estamos em apuros. Precisamos de um substituto", sentenciou o treinador do Chelsea.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.