Shevchenko foi uma das contratações mais caras do futebol inglês tendo custado aos bolsos do milionário russo, Roman Abramovich, cerca de 45 milhões de euros, em 2006.

O avançado de 32 anos não conseguiu demonstrar os dotes que o tornaram famoso no AC Milan e em 48 partidas marcou apenas nove golos.

Shevchenko começou a dar nas vistas quando actuava no Dínamo de Kiev tendo assinado pelo AC Milan na época 1999/2000. O internacional ucraniano venceu a Bola de Ouro da France Football em 2004.

Carlo Ancelloti afirmou hoje que tinha aconselhado Shevchenko a procurar um novo clube, de forma a poder jogar com maior regularidade, “Falei com o jogador e ele disse-me que pretendia jogar com regularidade. Não lhe posso dar essa possibilidade, por isso decidimos que ele podia sair. Será ele a decidir o que é melhor para a sua carreira”.

De acordo com a imprensa italiana, o jogador deve continuar a sua carreira na Ucrânia ao serviço do clube que o lançou para o futebol o Dínamo de Kiev.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.