A realização de vários jogos durante as festividades natalícias é uma tradição na Inglaterra, mas é algo que preocupa os técnicos, como Ole Gunnar Solskjaer, que esta sexta-feira considerou o calendário injusto para com os jogadores.

Após derrotar na quinta-feira o Newcastle (4-1) no 'Boxing Day' (26 de dezembro), o Manchester United voltará a entrar em campo no sábado contra o Burnley, 48 horas depois.

"Acho que isso não é justo para os rapazes. Não é justo esperar que estejam no seu melhor nível, mental e físico, 48 horas depois de terem jogado", explicou o técnico.

Solskjaer admitiu, porém, que sua equipa está "em melhor situação" que o adversário deste sábado, "por um lado porque nosso jogo já estava decidido após 45 minutos, e por outro porque somos mais jovens".

Na quarta-feira, o técnico do Liverpool, Jürgen Klopp, chamou de "crime" o acumular de jogos no fim do ano.

"Nenhum treinador tem problema de jogar no 'Boxing Day', mas jogar no dia 26 e depois no dia 28 é um crime. "Mas podemos dizer o que quisermos, ninguém nos ouve. O corpo precisa de um determinado tempo para poder voltar a funcionar. É científico. Mas isso é ignorado completamente", criticou o treinador alemão.

Após golear o Leicester (4-0) na quinta-feira, o Liverpool jogará este domingo (29) contra o Wolverhampton.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.