Steve Bruce deixou de ser treinador do Newcastle esta quarta-feira. Poucos dias depois de completar o jogo 1000 na carreira como treinador, o técnico de 60 anos foi afastado do comando dos 'magpies', após o clube ter sido comprado por um fundo de investimento da Arábia Saudita.

A saída já era esperada, tendo em conta que o Newcastle é 19.º e penúltimo classificado da Liga inglesa de futebol e ainda não somou qualquer vitória em oito jogos (três empates e cinco derrotas).

Desde que o clube foi comprado pelo Public Investment Fund (PIF), controlado pela Arábia Saudita, que o futuro do técnico já estava traçado. Apesar de nunca o ter assumido, a nova direção deixou claro que a aposta seria noutro treinador o futuro do emblema do norte de Inglaterra.

Assim que saiu, o treinador de 60 anos contou o que lhe ia na alma, depois de três anos muito difíceis em St James' Park.

"Quando cheguei, pensava que conseguia aguentar tudo, mas foi muito duro. Nunca me quiseram, senti sempre que as pessoas queriam que eu falhasse. Li que era inútil, um estúpido, inepto, um nabo", desabou o técnico ao 'The Telegraph'.

"Quando ganhava, diziam-me que tinha tido sorte e que o meu estilo de futebol era um porcaria. Tentei disfrutar, sempre gostei de mostrar as pessoas que estavam erradas, sempre gostei desse desafio. Mas no final já era isto, nem quando ganhava, sentia o apoio dos adeptos", finalizou.

A dolorosa saída do Newcastle poderá levar o técnico a deixar os relvados.

"Talvez este tenha sido o meu último trabalho como treinador. Não sou só eu, é também pela minha família. Todos são daqui [de Newcastle] e não posso ignorar isso. Estavam preocupados comigo, especialmente a minha mulher Jan. Não posso tomar por garantido que ele irá continuar sempre comigo.  Ela andou comigo por todos os clubes por onde passei. Sei que se tiver uma oferta da china, ela irá dizer que posso contar com o seu apoio. Tenho 60 anos, não sei se posso voltar a faze-la passar por tudo o que passou. É quase certo que não voltarei a treinar, embora nunca se diga nunca", atirou.

Confessou adepto do Newcastle, Steve Bruce treinou equipas como Sheffield United, Huddersfield, Wigan Athletic, Crystal Palace, Birmingham City, Sunderland, Hull City, Aston Villa e Sheffield Wednesday, além dos 'magpies'.

Com a saída de Steve Bruce, Graeme Jones orientará a equipa interinamente e começa no banco já no sábado, na visita ao Crystal Palace.

O Newcastle avança que o processo para a contratação de um novo treinador está em curso.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.