Um golo do argentino Carlos Tevez, aos 59 minutos, com um remate colocado junto ao ângulo inferior direito, depois de uma grande arrancada, na sequência de uma perda de bola do ex-benfiquista Ramires, ditou o desfecho do encontro.

Depois de cinco triunfos consecutivos, com 21 golos marcados e apenas um sofrido, o Chelsea, sem portugueses (Paulo Ferreira ficou no banco, Bosingwa está sem ritmo e Hilário lesionado), perdeu os primeiros pontos.

Ainda assim, o conjunto comandado pelo italiano Carlo Ancelotti tem garantida a permanência na liderança, já que somava mais quatro pontos do que o Arsenal (o adversário do Sporting de Braga na Liga dos Campeões recebe hoje o West Bromwich) e o Manchester United (domingo em Bolton).

Por seu lado, o City, que somou o terceiro triunfo, igualou provisoriamente o Arsenal e o Manchester United no segundo lugar da prova.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.