Thierry Henry voltou a deixar muitos elogios a Pep Guardiola, pelo tempo em que ambos conviveram no Barcelona, entre 2008 e 2010. O atual treinador adjunto da seleção belga disse que voltou a aprender futebol, aos 30 anos de idade.

"Voltei a aprender a jogar futebol aos 30 anos, depois do que já tinha conseguido com Arsenal, Mónaco, Juventus – ainda que por pouco tempo – e também ao nível de seleção. Comecei a ver e a entender o jogo de outra forma. A compreender melhor o espaço, a importância de ficarmos na nossa posição e darmos sempre 100 por cento. Mesmo quando fazíamos pausas nos treinos para beber água tínhamos de ir e voltar a correr. Ele pensava em todos os pormenores", atirou, em declarações à 'Sky Sports'.

Para a antiga estrela do Arsenal, o técnico catalão é muitas vezes incompreendido por ser demasiado inteligente.

Por vezes Guardiola era demasiado inteligente, por isso mete-se em problemas. Vê muitas coisas ao mesmo tempo que quer retificar ou alterar. Aconteceu mudar de tática cinco vezes numa hora", contou.

No Barcelona, Henry uma Champions, duas Ligas Espanholas, uma Copa do Rei, um Mundial de Clubes, uma Supertaça Europeia e uma Supertaça de Espanha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.