Desengane-se quem pensa que Pep Guardiola vai mudar o seu estilo em Inglaterra. Em entrevista ao jornal catalão ´L´Esportiu`, o técnico do Manchester City explica que a equipa vai continuar com o mesmo estilo de jogo, apesar de ter terminado o ano em Inglaterra sem qualquer título, algo que aconteceu pela primeira vez na sua carreira.

"Todos me dizem: ´Tens de mudar! `. E respondo-lhes: ´Vocês é que têm de mudar`. Não vou mudar porque não sei fazer as coisas de outra forma. Aqui, como em todo o lado, são onze contra onze no mesmo espaço. A diferença é que os árbitros dão mais liberdade aos jogadores e, isso acaba por igualar o jogo das equipas. Jogadas que são faltas em todo o lado, aqui não são. E isso é um contra-ataque. Há seis equipas com um grande potencial económico e todos podem vencer. Os mais pequenos dividem os jogos com os grandes através do jogo direto, o contacto que não é falta. Mas continuo a pensar que se jogares bem, ganhas", justificou.

Na sua primeira época no Manchester City, Guardiola não venceu qualquer título. Apesar disso, sempre teve o apoio dos adeptos. Algo que, admite, é diferente noutros países.

"Os adeptos são muito fiéis à sua equipa. Não há um espírito tão crítico como aqui [em Espanha]. Ali sabem o que querem: ´és treinador ou jogador do City, és um dos meus. Nem um assobio. Eu vou ajudar-te`. Culturalmente é uma joia. O que se passa em Inglaterra, não acontece em mais nenhum lugar. Senti isso nas conferências de imprensa. Aqui [em Espanha] três quartos dos jornalistas são contra ti", atirou, na entrevista ao ´L´Esportiu`.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.